Tags

, , , , ,

Boa noite,

Nesta quarta-feira, volto ao que já havia começado: seção dos países esquecidos. O país de hoje é a República de Belarus. Na boa, eu não me lembro de ter ouvido falar sobre esse país, mas o que vocês vão ver sobre ele é muito perturbador excêntrico. Quando você olhar para a peça pela primeira vez, vai ter uma atitude imediata (a menos que você seja um sociopata que não se importa com ninguém).

O anúncio em questão diz respeito a uma entidade de caridade belga que trabalha na interação de pessoas portadoras de alguma deficiência. Leia atentamente a frase:

“Regardez-moi dans les yeux… J’ai dit les yeux.
Pour que le handicap ne soit plus un handicap.”

“Olhe em meus olhos … Eu disse olhos.
Porque a deficiência não é mais uma desvantagem.”

Não sei o porquê, mas ainda temos muito preconceito. Não digo ‘preconceituosos’ pelo fato de nos mantermos distantes, mas digo que não nos importamos o suficiente com os deficientes ou até mesmo olhamos para eles com um olhar piedoso demais, como se eles fossem ‘de outro planeta’. O anúncio perturba um pouco, mas nos faz pensar em qual é nossa verdadeira atitude. E aí, o que acharam?

Anúncios